Viajando...

Vai viajar?

Encontre aqui dicas para a sua viagem...

Quando e como tirar a carteira de motorista internacional

Viajar de carro é uma das melhores formas de conhecer um novo país, mas devemos sempre ficar atentos quanto à exigência da Permissão Internacional para Dirigir (PID).

Os países signatários da Convenção de Viena exigem a carteira de motorista internacional, não apenas para a condução, mas também para a locação de veículos. Entretanto, muitos desses países têm acordos de reciprocidade com o Brasil. Com isso, nossa carteira de motorista – a chamada Carteira Nacional de Habilitação (CNH) – acaba sendo aceita sem problemas. É o caso de alguns países da América do Norte, da Europa e da América do Sul.

Veja a seguir a lista dos países que exigem ou podem exigir a carteira internacional:

  • Países onde o documento é exigido:

África do Sul, Austrália, Cabo Verde, Cazaquistão, Cingapura, Coréia do Sul, Costa do Marfim, Filipinas, Gabão, Gana, Guiné-Bissau, Indonésia, Irã, Israel, Kuwait, Líbia, Marrocos, Mongólia, Namíbia, Nicarágua, Níger, Nova Zelândia, Paquistão, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, São Tomé e Príncipe, Senegal, Tunísia, Turcomenistão, Uzbequistão e Zimbábue.

  • Países onde o documento pode ser exigido:

Áustria, Estônia, França, Geórgia, Grécia, Itália e Rússia.

.

Para tirar a Permissão Internacional para Dirigir, vale observar alguns pontos importantes:

É preciso antes de tudo ter a Carteira Nacional de Habilitação válida, uma vez que a PID terá a mesma validade da CNH. Caso a CNH esteja vencida, será preciso solicitar a renovação do documento antes da emissão da PID.

Se a sua CNH tiver sido emitida no Detran-RJ, a PID também deverá ser emitida no Rio de Janeiro. Não é permitido que a PID seja emitida em um estado brasileiro diferente daquele de registro da Carteira de Motorista. No caso do Rio de Janeiro, se a sua CNH tiver sido emitida em outro estado, você deverá providenciar no próprio Detran-RJ a transferência do cadastro. Depois de concluída a transferência, o próximo passo é requerer a emissão da nova CNH, e só depois você poderá solicitar a PID.

.

Verificadas todas essas etapas, qual o passo-a-passo para a emissão da PID?

Antes de tudo, deve-se pagar a Taxa de Serviço (DUDA) por meio do boleto emitido no site do Detran. Para o Rio de Janeiro, o valor do DUDA é de R$ 135,32.

Em seguida, deve-se agendar a entrega da documentação pelo site do Detran-RJ ou pela Central de Atendimento.

Uma vez agendado, deve-se comparecer ao posto no dia e horário marcados, com a documentação necessária, que é:

  • Original e cópia da Carteira de Identidade;
  • Original e cópia da Carteira Nacional de Habilitação;
  • Original e cópia do comprovante de pagamento da Taxa de Serviço (DUDA);
  • Original e cópia do Passaporte.

Estando tudo certo, em no máximo 2 dias você estará com a sua PID em mãos e poderá alugar o carro sem problema algum!

OBS: para quem não for do Rio de Janeiro, recomendo consultar as regras no Detran do seu estado.

DEIXE UM COMENTÁRIO