Viajando....

Vai viajar?

Encontre aqui dicas para a sua viagem...

Tsukiji Fish Market: o maior e mais fascinante mercado de peixes do mundo

Nenhuma viagem à Tokyo estará completa sem uma visita ao Tsukiji Fish Market, o maior mercado atacadista de peixes e frutos do mar do mundo. E para curtir o melhor do programa – que é o famoso leilão de atum – você tem que chegar por volta das 5h da manhã! Fizemos tudo isso e posso dizer que foi uma das experiências mais loucas e interessantes de toda a viagem.

O mercado de Tsukiji fica localizado no centro da cidade, entre o Rio Sumida e o bairro de Ginza. Para chegar até lá pode-se pegar um táxi ou ir de metrô (Hibiya Line) e saltar na Tsukiji Station, que fica quase em frente.

tsukiji-market-mapa

O mercado abre quase todos os dias (exceto aos domingos, feriados e algumas quartas-feiras – clique aqui para ter acesso ao calendário oficial), a partir das 3h da manhã. O ponto alto começa às 5:20h, com os disputados e agitados leilões de atum. Por isso, vale se programar para chegar por volta desse horário.

Sabendo disso, nesse dia acordamos às 4:20h e às 5h já estávamos na porta da estação de metrô de Shinjuku aguardando a sua abertura (o metrô começa a funcionar às 5h). Vinte minutos depois, estávamos no mercado acompanhando o fascinante leilão dos gigantes e caríssimos peixes do Pacífico.

Na época em que fomos, não havia qualquer tipo de regra pré-estabelecida para os turistas. Mas, como nos últimos anos a quantidade de visitantes aumentou consideravelmente, foram criadas algumas restrições para o acompanhamento dos leilões. Agora, além de ter uma área destinada aos visitantes, foi estipulado um limite de 120 pessoas por dia, divididas em dois grupos de 60. Para conseguir fazer parte de um desses grupos, logo que chegar ao mercado, registre-se no Fish Information Center no Kachidoki Gate. O primeiro grupo entra das 5:25 às 5:50h e o segundo grupo, das 5:50 às 6:15h.

tsukiji-mapa-interno

O leilão é mesmo uma loucura! Apesar da gritaria e do clima frenético, as negociações são levadas muito a sério, pois os imensos peixes podem chegar a custar alguns milhares de dólares. As vendas costumam ser muito rápidas e as mercadorias arrematadas pelos comerciantes são rapidamente levadas para os seus estabelecimentos.

tsukiji-1

Importante: durante o leilão, é extremamente proibido tirar fotos com o uso de flash. Além disso, não se deve de forma alguma interferir no andamento das negociações.

Terminado o leilão, você terá duas opções: dar uma boa volta pelo mercado – por onde eles chamam de Wholesale Area – ou comer um delicioso sushi de café da manhã. Como na época em que fomos não havia qualquer restrição ao horário de visitas, decidimos ir primeiro na área das barracas para registrar um pouco do que estava sendo vendido por ali.

tsukiji-4

É mesmo de impressionar! Peixes de todos os tipos, camarões, lulas, polvos, enguias, muitas ostras, ovas e algas. É possível encontrar de tudo um pouco.

tsukiji-2

Repare nos imensos peixes, como o atum e o peixe-espada, sendo cortados e preparados para o varejo. Muitos peixeiros utilizam uma faca extremamente longa, que pode chegar a um metro de comprimento, chamada pelos japoneses de oroshi-hocho.

tsukiji-5

Fique atento para não atrapalhar o andamento do comércio local e tenha muito, mas muito cuidado para não ser atropelado por um carrinho de carga! Eles ali não estão para brincadeiras.

Recentemente, com o intuito de prevenir acidentes, a entrada de turistas nessa área do mercado está liberada somente a partir das 9h da manhã, quando o movimento do comércio diminui consideravelmente.

Enquanto isso, recomendo escolher um restaurante para comer um saboroso e fresco sushi de café da manhã. Na área externa do mercado – que eles chamam de Outer Market – ruas estreitas comportam inúmeros pequenos restaurantes e lojas. Escolha um desses restaurantes e entre sem medo. Fizemos isso e foi incrível!

Detalhe para a hora no relógio: 6:45h da manhã!!

tsukiji-6

O sushi é mesmo especial e os valores cobrados são muito baratos. Por ser recém pescado e comprado naquela manhã, sem dúvida, esse será o sushi mais fresco de toda a sua vida! Maravilhoso!

Tsukiji

Quem quiser aproveitar para fazer algumas comprinhas, principalmente de artigos para cozinha, pode se aventurar pelas lojas locais. Nós compramos um lindo conjunto de louças para comida japonesa. O embrulho é feito de uma forma muito cuidadosa, e você pode trazer a louça na mala sem o menor problema.

Para quem tiver tempo e quiser conhecer os arredores, bem ao lado do mercado fica localizado o Hama-Rikyu Onshi-Teien, um lindo jardim com lagos, pontes de madeira e um pavilhão de chá para relaxar. Infelizmente, quando saímos do mercado, o jardim ainda não estava aberto (abre a partir das 9h), mas deu para imaginar o quanto é bonito.

Tsukiji

Outra possibilidade – como nós fizemos – é seguir a pé até Ginza, o requintado bairro de Tokyo, que fica a poucos metros de Tsukiji.

Dicas importantes:

  • Escolha muito bem a roupa para esse programa, pois além do piso molhado, no meio daquela loucura, sempre sobra um respingo de água suja em você!
  • Não é permitida a entrada de pessoas com sandálias, chinelos, saltos altos ou carregando malas e bolsas grandes.
  • Crianças também não podem entrar.
  • Não toque em nada e não entre em áreas de acesso restrito.
  • As lojas e os restaurantes do mercado fecham cedo, algumas antes mesmo do meio-dia. Portanto, mesmo quem não quiser chegar para o leilão de atum às 5h da manhã, deve programar sua visita para a parte da manhã.

.

Para salvar no Pinterest.